domingo, 16 de novembro de 2014

1605-As profecias e o Brasil


E quando não dá certo, faz o que?

Pois é, não foi uma nem duas, mas muitas vezes em que as profecias não se cumpriram. O que se diz sobre isso? Se diz que naquele momento em que o profeta profetizou era o que se desenhava no horizonte futuro. O que pode mudar isso é a forte atuação da mente humana, como a causa mais provável da mudança dos fatos.

Sabe-se que Eduardo Campos teria sido advertido (em 2013) do perigo de um atentado contra sua pessoa. Mas, nunca se esperava que fosse o avião dele a espatifar-se daquele modo em agosto de 2014.

A escolha de Marina Silva no lugar do Eduardo Campos para concorrer à presidência do Brasil, em 2014, fez com que evangélicos se lembrassem de uma profecia proferida na Conferência Dunamis (EUA), de 2011.

Durante sua pregação, nessa conferência, o pastor Bob Hazlett teve uma visão a respeito da política brasileira dizendo que via uma mulher sendo controlada por um homem como se fosse uma marionete. “Ela era sua marionete, e ele falava ‘ela vai fazer o que eu mandar ela fazer’. Mas eu vi então a palavra do Senhor vir como se fosse uma espada que começou a cortar as cordas dessa marionete”, disse o pastor. Naturalmente, a profecia de Hazlett estava relacionada com Dilma Rousseff e Lula.

A profecia não parava por ai. Bob Hazlett também viu que Deus mudaria o controle da nação brasileira. A visão que ele teve mostrava o Brasil respirando ligado a aparelhos. Deus então desligava as máquinas e dizia que o país voltaria a respirar normalmente.

“Eu vou soprar sobre esta nação novamente”, disse em profecia o pastor do Ministério Touch of Fire. “Eu vi Deus levantar homens e mulheres de Deus, cheios do Espírito, cheios do seu sopro, que vão começar a abalar esta nação”.

A profecia sinalizava para a possibilidade de vitória de Marina Silva. Mas, a própria Marina, diante da horrenda campanha de difamação movida pelo PT contra si, num determinado momento, profundamente decepcionada com a má qualidade da nossa política, falou alto e bom som: “prefiro perder ganhando”.

E quanto à vitória de Dilma sobre Aécio existem inúmeros sites registrando a fragilidade do sistema das urnas eletrônicas e fazendo denúncias diretas de que a eleição foi roubada. Compra-se primeiro os números da pesquisa eleitoral e em seguida prepara o software das urnas para acompanhar a escabrosa engenharia.

Então, mais uma vez a profecia não funcionou porque a mente humana interferiu no andar dos acontecimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário