terça-feira, 7 de abril de 2015

1747-Amuletos, talismãs e patuás


Escudos de proteção espiritual

Feng Shui: objetos de proteção e pensamentos que fazem bem e trazem equilíbrio emocional
Dissemos no início desta série que desde os tempos imemoriais o homem utiliza amuletos, talismãs e patuás para atrair amor, sorte, proteção pessoal e para sua casa, a família, negócio ou profissão contra forças negativas e para diversos outros fins. E isso, praticamente, no mundo inteiro.
Nossos ancestrais de muito longa data buscamos agradar as forças incontroláveis da natureza ou descobrir como favorecer-se com elas. As velas para navegação marítima dizem bem dessa prática. Os cata-ventos para geração de energia, atuais, também.
Na tradicional e antiga China, dos mistérios, iremos encontrar a interação do homem com a natureza em busca de saúde, paz, prosperidade, relacionamentos, sorte. É o Feng Shui, que também entra aqui entre os objetos de proteção e pensamentos que fazem bem e trazem equilíbrio emocional.
Tempos e situações adversas sempre desafiaram o ser humano, muitas das vezes ao lidar com o próprio ser humano, mas mais marcadamente ao lidar com os elementos da natureza: sol (demais ou de menos), água (demais ou de menos), ar, ventos (impróprios à vida), terra (imprópria para sua exploração); cataclismos, vulcões, maremotos, estiagens, enchentes, dilúvios, terremotos, glaciação, queda de meteoritos, entre outros episódios e também os de muito menor relevância, relacionados com a fertilidade humana e animal (nascimentos e preferência por gênero), produção de lavouras, hortas e pomares, produção espontânea pela natureza, principalmente de frutos e castanhas, a oferta de peixes e moluscos pelos rios, lagos e mares.

Como enfrentar eventos tão adversos?
Em qualquer parte do planeta isso era preocupação de todos os povos.
Com relação ao ser humano, o Feng Shui Lógico é mais uma dessas técnicas de lidar com a natureza e vem dessas eras antigas e nos dá algumas dicas para conquistar e manter nosso equilíbrio:
1. Seja seu melhor amigo. Você é um ser único, assuma sua originalidade. Lembre-se sempre que cada um de nós tem uma personalidade ímpar: conheça bem a sua, o que lhe faz bem e o que lhe faz mal e não permita que a forma dos outros serem, diferentes de você, tire sua força.
2.Cada um tem dentro de si a força para viver com prazer, mesmo em meio às adversidades: desenvolva essa força tendo pensamentos de vitória, fazendo sua parte com entusiasmo e acreditando que você pode mudar o seu mundo, seu mundo interno, tendo pensamentos que lhe façam bem.
3. É no respeito das diferenças que a verdadeira harmonia se instala.
4. Estimule sua coragem: o medo é a energia mais nociva que podemos abrigar dentro de nós, agindo como verdadeiro inimigo de nossa saúde psíquica.
5.Cuide bem de si mesmo sem deixar de fazer sua parte para aumentar o bem estar de sua família e dos que pertencem ao seu círculo.

Use de tudo que pode ajudá-lo na tarefa de aumentar sua energia pessoal. Os outros só têm a ganhar com isso, pois só os que se amam são capazes de amar.
Somos seres únicos que têm suas formas particulares de reverenciar a Vida e o seu Criador, por isso é na liberdade de cada um que isso se faz.

Muito importante: a nova Física prova que nossos pensamentos criam nossa realidade.
Nossos pensamentos podem ser fortalecidos através de simples práticas como acender uma vela com intenções visualizadas do que queremos atrair, ter cristais com as propriedades que nos fazem bem, nos sentirmos protegidos pelas forças universais.
Quando você sentir dentro de você, sempre, essa energia saudável que é estar vivo e vivendo com prazer, não haverá crise externa que o derrube.

Quanto mais acreditarmos individualmente e coletivamente em saídas e soluções para esse momento crítico, mais força se formará no astral através dessa massa de pensamentos positivos, forçando essa mudança tão esperada por um Brasil melhor e por um mundo melhor.
Os homens não são prisioneiros do destino, mas de suas próprias mentes. (F. D. Roosevelt)
O Universo é mental. (Hermes Trismegistus)
Sempre que atravessamos grandes perigos, buscamos auxílio em nossa fé interna para enfrentá-los. Os itens relacionados nos trazem sensação de proteção e podem nos auxiliar na tarefa de lembrarmos de coisas que nos fazem bem, trazendo pensamentos que nos fortalecem.
A intenção é muito importante: muitos destes talismãs só são ativados pela intenção de quem os usa.
O símbolo emite um campo de energia. É importante que quem o usa esteja sintonizado com ele.

Outros símbolos considerados de proteção:
Ba-guá – É uma figura geométrica octogonal e significa oito lados na língua chinesa.
O octógono é a figura de transição entre o círculo (símbolo do céu) e do quadrado (símbolo da Terra) e nos diz que tudo está em contínua mutação. Nos ensina a viver o presente conscientes da transitoriedade de todas as coisas, usufruindo o melhor de todas elas.

O Feng Shui Lógico é uma nova forma de compreender e praticar o Feng Shui tendo em vista os fluxos energéticos diferentes para os dois hemisférios da Terra. O Ba-guá é um instrumento usado pelo Feng Shui, técnica chinesa baseada no estudo da Natureza para criar ambientes saudáveis e harmônicos, que promovem o bem-estar dos moradores.
Há um Ba-guá adaptado para o Hemisfério Sul que é aplicado sobre a planta da casa, não a partir da porta da entrada, mas do centro da residência, de forma que os primeiros raios do Sol, por volta das 6h00 da manhã cheguem com angulação perfeita para energizar a residência.
O poder desse símbolo repousa no fato de ele representar a força da Natureza e seus ciclos, as estações do ano, com suas características energéticas de cada fase. E também a harmonia que existe no Universo.

Como símbolo de proteção, deve ser feito de cobre ou latão e colocado sobre a porta de entrada de nossa casa com um espelho no centro: funciona como um filtro de energias, deixando entrar somente as benéficas e também como símbolo da harmonia e da prosperidade que desejamos atrair em nossas vidas.
O Ba-guá pode ser colocado na planta da casa para analisar sua forma e suas direções cardeais como instrumento para, através das técnicas Feng Shui, criar a harmonia no local; ou ainda, acima da porta da entrada da casa, no centro, mostrando a intenção dos moradores em criar e atrair energias benéficas e repelir as nocivas e como símbolo de harmonia.

Feng Shui, palavra chinesa que imita o som do vento e da água, é um som onomatopaico, por isso pronuncia-se fung shuei. Significa vento e água, energias sutis e ao mesmo tempo poderosas e que devem estar, dentro de casa, sob controle do ser humano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário