quinta-feira, 9 de abril de 2015

1749-Amuletos, talismãs e patuás


Escudos de proteção espiritual

Alguns símbolos e talismãs específicos para atrair prosperidade

Veja, leitor, leitora, que o leque se abre. E se abre sempre na perspectiva já abordada no início desta série: precisamos materializar uma ideia, um desejo, uma busca relacionada com o mundo espiritual. Possivelmente por este mesmo motivo, a ciência anda desejando encontrar o espírito na lente do microscópio, o que, convenhamos, será um tanto difícil para não dizer impossível.

Todos sabemos que o pensamento é capaz de muito e muito poderá fazer longe das corporificações que ainda fazemos. Vejamos algumas das necessidades humanas para alcançar a prosperidade:

Três moedas chinesas (I Ching) – Quando se tira o I Ching, oráculo voltado para respostas que levam ao autoconhecimento, usa-se três moedas chinesas. O formato redondo com um furo quadrado no centro, cópias das antigas moedas da China é considerado positivo: o círculo representa o céu e o quadrado, as energias da Terra, a matéria.
Usa-se as três amarradas juntas por um fio vermelho, representante da energia ativa ou masculina, Yang.
Após ser ativadas pela intenção de quem as usa, podem ser colocadas no Canto da Prosperidade (direção Nordeste obtida com a bússola colocada no centro da casa) da casa ou do jardim ou na bolsa ou carteira, visualizando a prosperidade constante em sua vida.

Kaeru – Talismã - Todo talismã depende da crença pessoal, não age sozinho. É o que se diz. A palavra kaeru em japonês significa “sapo” e “regresso”. Por isso, quem leva o sapinho kaeru na carteira, acredita que terá de volta tudo que gastar. Portanto, é usado para atrair riqueza e prosperidade.

Vela da Prosperidade - Velas trazem o fogo, a luz e a claridade. Transcende a claridade do espaço, e remete à iluminação espiritual.
A luz de uma vela carrega em si todas as forças do Universo, iluminando sempre a escuridão. A chama da vela é uma conexão direta com o mundo espiritual superior. Costuma-se dizer que a vela é um ente que se consome para iluminar. Ótimas como decoração em qualquer ambiente, para o Feng Shui (já abordado) as velas simbolizam a força e o fogo, elemento que queima, ativa o Sucesso em nossa vida. Atuam também pela forma e cor.
A vela da Prosperidade tem a cor amarela, cor do ouro; forma quadrada pedindo solidez material e estabilidade financeira.

As orações e os responsórios

Responso ou responsório é a repetição de versículos ou versos destinados a louvar por uma graça recebida ou pedir uma graça. Novamente aqui é preciso frisar que as pessoas costumam achar que o poder está fora delas. Por isso oram, fazem promessas, novenas, responsórios. Algumas dessas orações e responsórios são muito conhecidos na cultura luso-brasileira impregnada o cristianismo romano.

Santo Expedito – O Santo das Causas Urgentes - Conta-se que Santo Expedito era Comandante em Chefe de uma Legião Romana, aquartelada em uma província da Armênia, no fim do século III. Um dia, tocado pela Graça do Espírito Santo, resolveu converter-se ao catolicismo. Foi então que o espírito do mal lhe apareceu sob a forma de um corvo e lhe sussurrou: “cras,cras,cras”, palavra latina que quer dizer amanhã, tentando fazer o militar adiar sua conversão. Pisoteando o corvo, o futuro Santo respondeu: “Hoje!” É por isso que Santo Expedito é invocado para causas urgentes, devido à sua pronta resposta. Cristão convertido, assim como toda a sua tropa, foi vítima da ira do Imperador Diocleciano. Foi flagelado e depois decapitado a espada.

Cristais ou Pedras – Desde os tempos mais remotos, os cristais e as pedras já eram utilizados nos processos de cura e equilíbrio do corpo, da mente e da alma. As pedras e pedreiras sempre estiveram associadas à energia, ao poder. Os chips de hoje não estão muito longe disso.
A energia irradiada pelos cristais é uma composição dos elementos da natureza e das radiações vibracionais. Transmitem uma espécie de raio que o corpo físico absorve, ajudando no equilíbrio dos chakras, vórtices de energia que as pessoas possuem. São sete os chakras principais.
Cada pedra, cristal ou gema possui características próprias conforme seu tamanho e coloração. No entanto, para que surjam seus efeitos é preciso periodicamente limpar as pedras deixando na água com sal grosso por três horas na luz do Sol ou da Lua e depois lavando em água corrente.
Segundo estudos de radiestesia, as pedras devem ser ativadas pela pessoa depois de limpas colocando na mão direita (a mão que entrega) e visualizando as propriedades da pedra sendo absorvidas pela pessoa.

Os cristais

Cristal de quartzo ou transparente: transmite clareza mental, lucidez.
Quartzo rosa: pedra que simboliza o amor. Pode ser combinada com o quartzo verde, pedra da cura emocional e física.
Turmalina negra: repele toda a negatividade, devendo ser usada no corpo no lado esquerdo, que é o lado que recebe as energias externas, portanto mais vulnerável que o direito. Não precisa ser limpa, porque ela não absorve, repele o que for nocivo.

Mantra para proteção pessoal

Mantras são conjuntos de sons que emitem uma vibração específica.
O Mantra Om Ma Ni Pad Me Hum significa, entre outras traduções, “Eu vejo Deus nesta situação” e tem a função de acalmar o coração.
Deve ser repetido nove vezes. O número nove é considerado o número mais poderoso, o mais Yang por ser o maior número ímpar de um dígito.

Mantras existem e podem ser criados. Devem ser expressados num misto de canto e gemido por várias vezes ao dia para que plasmem sua energia e atraiam aquilo que a pessoa está buscando.

YHWH também é um amuleto, um mantra

Quando se estuda a religião judaica aprende-se que YAWH (decodificado como Yaveh ou Jeová) é o nome de Deus, mas que os judeus não o pronunciam, apenas pensam nele. Sabe-se que se trata de uma tetragrama formado por quatro palavras que querem dizer Yodh He Waw He, ou “Eu sou aquele que sou”, isto é Deus. Também é um mantra mental porque sua invocação remete o pensamento para Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário